Resenhas - Desafio de Férias do Nyah! (04/06)

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

7° lugar - Destino Fez Um Bom Trabalho, por vickyroyers


Resenha por Shirayuuki


Quem disse que “Papai Noel” é um velho, barrigudo, barbudo, careca, míope e que se veste de vermelho? Aliás, esse nem é o nome dele, na fanfic “Destino fez um bom trabalho”, de vickyroyers. Uma história bem original, principalmente se considerarmos que quem narra é a personalidade que desapareceu durante o Natal. 

Claus, verdadeiro nome do homem que não tem nada de “bom”, muito menos de “velhinho”, é encarregado de levar a felicidade a todas as criaturas, não somente os humanos. E é casado com Ivone, apesar de não poder ser considerado um exemplo de fidelidade. Estressado por conta do trabalho que nunca acaba, da comercialização do Natal e da superficialidade das coisas, ele se surpreende quando vê o pedido de Naruto, agora num universo alternativo. 

É interessante notar como a autora trabalhou bem o personagem/narrador Claus, algo um tanto quanto fora do comum quanto ao que se espera do Papai Noel, que, mesmo que não goste desse “apelido”, usa-o de vez em quando. Alguém que já foi humano e é mal-humorado e tagarela — três das principais características desse personagem e algo que não se espera no “bom velhinho”. 

Você se surpreenderá com algumas falas de Claus, inclusive com os detalhes comprometedores do beijo entre o casal que é o foco da narrativa: nosso conhecido loirinho e a sua paixão de infância, Sakura. Em outros momentos, as risadas são inevitáveis com as reclamações e peripécias do narrador. 

Mesmo que o foco da narrativa seja a dupla do mangá/anime Naruto, vickyroyers introduz bem não somente Claus (nosso querido Papai Noel), mas também outros personagens, que, por mais que apenas mostrem as caras rapidamente, são bem inesperados. 

Quanto ao resto, descubra por si só! Vale a pena ler uma fanfic que fugiu completamente do clichê do Papai Noel.




8° lugar - Consciência, por Little Star


Resenha por Jean Claude


Um texto se destaca dos outros justamente pelo seu diferencial. Com a temática do Natal, é comum se ver os temas de união, confraternização, coisas mágicas, etc. Além disso, há também os que tentam surpreender colocando coisas extremamente contrárias, como catástrofes, seres demoníacos ou até mortes em série. No entanto, a história “Consciência” se destaca justamente por não se enquadrar totalmente em nenhum dos dois tipos.
O que mais se destaca: equilíbrio. Nessa fic, temos boas intenções dentro de más ações e vice-versa. O Natal está perdendo sua força, as pessoas, com o passar dos anos, vão se esquecendo da tradição familiar, pois, ao mesmo tempo que se está perto, parece se estar longe. E daí vem o tema que se destacou na história: vingança. Mas em pleno Natal? Mais surpreendente ainda é que a proposta é de uma vingança para uma boa causa, mas como funciona isso?
O conceito do valor foge muito das nossas mentes em momentos de conforto e satisfação. É aquele velho ditado: “Só valorizamos quando perdemos”. E se, numa ilusão, o Papai Noel, mascote (sim, esse termo forte) do Natal, mostrasse o que ocorreria nessa perda? Será que todos se conscientizariam? Salvar o Natal, símbolo da felicidade e confraternidade, utilizando-se de artifícios caóticos e depressivos, é uma boa ideia? Pagar com a mesma moeda é o melhor negócio?
São essas reflexões que “Consciência” nos traz. É por isso que é uma fic que merece destaque, pois envolve todas as situações de todos os extremos. O que é bom e o que é ruim, afinal? Devemos mesmo nos prender a certos conceitos? É uma pequena lição de vida, pois a história nos mostra certos limites, isto é, até onde podemos chegar até que nossa consciência aja e perceba as consequências dos nossos atos. Linguagem leve, enredo objetivo e não se desviando muito do que já se conhece sobre as festividades natalinas.
Certas coisas só existem se nós acreditarmos.

5 comentários:

  1. Amei as resenhas xD Foram bem explicativas e com certeza deixaram um belo gosto de "Quero Mais". Ainda não li nenhuma das duas, mas vou correndo agora, com certeza!!

    ResponderExcluir
  2. Oi, agradeço as resenhas estão muito boas, espero que as pessoas leiam, já que vocês se deram ao trabalho de fazê-las tão bem. Essas duas histórias são puro amor. A consciência eu acabei de ler após a resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que gostaste das resenhas! Ficamos contentes!

      Beijos

      Excluir
  3. Nossa, eu só tenho que agradecer pela resenha. Faz tempo que ela foi publicada, mas eu nunca me incentivei a vir aqui e ler. Pura imbecilidade, admito. Hahahaha Ficou ótimo e muito bem descrito. Obrigada, novamente!

    ResponderExcluir

O blog da Liga é um espaço para ajudar os escritores iniciantes a colocarem suas ideias no papel da melhor maneira possível.



As imagens que servem de ilustração para o posts do blog foram encontradas mediante pesquisa no google.com e não visamos nenhum fim comercial com suas respectivas veiculações. Ainda assim, se estamos usando indevidamente uma imagem sua, envie-nos um e-mail que a retiraremos no mesmo instante. Feito com ♥ Lariz Santana