[Sugestão atendida] Como descrever as emoções

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Por: Anne 


Não é nada fácil lidar com as emoções, isso é um fato. E escreve-las ou melhor, descreve-las, é fácil? 

Para muitos, não. Mas relaxem, a partir desse post, isso vai mudar.

Quem nunca se emocionou com a cena de um filme, novela e também com a de um livro preferido? São inúmeras as cenas que mexem com a gente, seja de uma forma boa, ruim, dolorosa, triste ou feliz e até mesmo amedrontadora. Quando escrevemos, queremos fazer com que os acontecimentos da nossa história sejam capazes de atingir os leitores, da mesma forma como somos atingidos quando lemos ou assistimos algo, mas essa não é uma tarefa da mais fáceis. Você visualiza em sua mente tudo tão intenso, expressivo e tocante, mas quando coloca tudo em palavras, sumiu, nada daquilo que imaginou está lá! Saiba o porquê nos dois passos a seguir. 


O primeiro passo para descrever melhor as emoções é:


Saiba diferenciar o que é emoção e o que é sentimento


Muitas pessoas se confundem com o significado dessas duas palavrinhas, acham até que sentimento é sinônimo de emoção e vice-versa, mas não é bem assim, existe uma grande diferença entre sentir (sentimento) e agir (emoção). De acordo com o site Cola da Web emoção é:


“A emoção é uma experiência afetiva que aparece de maneira brusca e que é desencadeada por um objeto ou situação excitante, que provoca muitas reações motoras e glandulares, além de alterar o estado afetivo.”



Um indivíduo muito entendido do assunto, o neurocientista português António Damásio, diz que sentimento é a forma como a mente vai interpretar todo conjunto de movimentos causados pela emoção. 

Resumindo, emoção é a ação que temos quando somos postos diante de uma situação, e sentimento é a maneira como nossa mente vai processar aquela ação.

Segundo passo: 

Coloquem seus personagens em movimento!


Como foi dito anteriormente, emoção significa agir, e não faz sentido o personagem em um momento de tristeza, por exemplo, ficar parado, sem nenhuma expressão facial ou sensações internas. Saibam que o nosso corpo também fala, não é só verbal e oralmente que nos comunicamos, a linguagem corporal é uma das formas de sabermos muitas coisas sobre o que outras pessoas estão sentindo e até mesmo omitindo, utilize essas belezinha como ferramenta na hora da descrição.


Entendido os dois passos, vamos amplificar as emoções! 


O amplificador de emoções é uma ferramenta de linguagem corporal para descrever diversas emoções e condições, como fome e desidratação, ajudando a amplificar as reações internas e externas dos personagens. Ele foi retirado de um artigo chamado "EMOTION AMPLIFIERS: A COMPANION TO THE EMOTION THESAURUS", e foi traduzido pelos membros Anne L, Laranja Lima e Gabriela Petusk da Liga do Betas, vocês podem encontrar o arquivo original AQUI (em inglês).

Nas tabelas a seguir, vocês irão saber como amplificar as emoções de atração, tédio e vício.


Atração

Atração: ter a habilidade ou poder de evocar interesse ou prazer.



Dica da Escritora: Com um estado reativo forte como a atração, tenha em mente que as expressões da pessoa variarão de acordo com sexo, idade e experiência.

Tédio

Tédio: sentimento de cansaço mental provindo de falta de interesse ou de estímulo.




Dica do escritor: Ninguém gosta de ficar entediado, mas essa sensação não precisa ser negativa. Transforme-a em positiva usando-a como um catalisador que impulsiona seu personagem a descobrir a verdade, a encontrar uma nova paixão ou a consertar um problema existente na sociedade.



Vício

Vício*: a necessidade compulsiva por uma substância, marcado por sintomas psicológicos agudos mediante a retirada da fonte.


*Nota: Embora pessoas possam ser viciadas à qualquer número de coisas, para clareza, esta estrada foi limitada para os sinais associados à substâncias viciantes.


Dica da Escritora: Quando estiver escrevendo sobre uma situação que está fora de sua experiência, consulte experts. Livros, profissionais na área, ou amigos com experiência própria podem fornecer os detalhes necessários para descrever o evento com credibilidade.


Agora é com vocês, arrasem na descrição das emoções nas cenas e até mesmo na fanfic inteira!


 *****



Referências

http://www.institutoluz.com.br/artigos/item/128-as-emocoes-basicas-do-ser-humano
http://www.coladaweb.com/psicologia/emocao-e-sentimento
http://www.coladaweb.com/doencas/o-controle-das-emocoes
http://globotv.globo.com/editora-globo/revista-galileu/v/antonio-damasio-a-diferenca-entre-emocao-e-sentimento/2736952/
http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/os-sentimentos-sao-fundamentais-para-a-sociedade-diz-antonio-damasio


4 comentários:

  1. Nossa Adorei! mesmo um trechinho escapulindo, eu copiei no word e obrigada por traduzir é de muita ajuda! Vejo que nem tudo eu estava fazendo errado :D

    ResponderExcluir
  2. Uau! Ficou um show! *Sorrindo e batendo palminhas* Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Showww! Era tudo o que precisava, parabéns e obrigada!! <3

    ResponderExcluir

O blog da Liga é um espaço para ajudar os escritores iniciantes a colocarem suas ideias no papel da melhor maneira possível.



As imagens que servem de ilustração para o posts do blog foram encontradas mediante pesquisa no google.com e não visamos nenhum fim comercial com suas respectivas veiculações. Ainda assim, se estamos usando indevidamente uma imagem sua, envie-nos um e-mail que a retiraremos no mesmo instante. Feito com ♥ Lariz Santana