Erros comuns em cenas de sexo – Parte 2: biologia

Por: Coward Montblanc  (Liga dos betas team) << Esse post é proibido para menores de 18 anos, por conter linguagem im...


Por: Coward Montblanc 
(Liga dos betas team)

<< Esse post é proibido para menores de 18 anos, por conter linguagem imprópria de cunho sexual.>>

Olá, queridos! Já faz um tempo que a gente não se vê, né? Ouvi dizer que vocês sentiram saudades de mim e estavam ansiosos para a continuação do meu post anterior!

Então podem relaxar, aqui estou com os erros mais cometidos em cenas de sexo em fanfics. E desta vez vamos falar de biologia, porque parece que muita gente por aí não prestou muita atenção nas aulas dessa matéria na escola.

Não se preocupem, vocês não vão precisar pegar seus livros de biologia para compreenderem o que eu vou falar aqui. Vou explicar do jeito mais simples possível para que todos aqui possam entender. E não é nada difícil, eu prometo!

Vamos lá?

<< Esse post é proibido para menores de 18 anos, por conter linguagem imprópria de cunho sexual.>>


1) Achar que o ânus se lubrifica sozinho

Esse erro é mais comum em fanfics yaoi, mas não pense que escritores de casais hétero e até yuri escapem disso! Muita gente acha que só porque garotas se lubrificam quando excitadas e os garotos produzem líquido pré­-seminal, o ânus também faz isso.

A lubrificação serve para facilitar a penetração. A vagina foi feita para ser penetrada e portanto se lubrifica naturalmente. O pênis foi feito para penetrar, e por isso também se lubrifica, mas é bem menos que uma vagina, até. E o buraquinho que todo mundo tem lá atrás não é feito para isso, em teoria. Por causa disso, ninguém fica com o bumbum molhadinho quando vai fazer sexo.

E se ficar, não vai ser por lubrificação natural, tenha certeza.

Seu personagem pode ser o homem mais másculo e forte do mundo, mas se ainda tentar colocar alguma coisa ali dentro sem lubrificar antes, nem que seja só um dedo, vai doer, e talvez nem mesmo entre. E é para isso que lubrificante é fabricado, vendido e usado. Portanto, se o seu personagem pretende inserir algo nesse local, sozinho ou acompanhado, não se esqueça do lubrificante!

Aliás, coisas como sangue, esperma, saliva, lágrimas, água, manteiga, hidratante, vodka, vinho, sorvete, nutella, mel e derivados não servem como substitutos. E alguns desses itens que eu acabei de citar anteriormente não são nada higiênicos para se colocar em um local tão sensível.

E mesmo se houver lubrificante na hora, vá devagar! Deixe quem for receber preparado física e psicologicamente antes, porque se ele estiver muito tenso ou sem muita preparação, ainda vai doer bastante. Isso vale especialmente para personagens que possuem pouca ou nenhuma experiência com penetração anal. Porém, com as devidas precauções, todos podem se divertir sem correr risco algum!


2) Pensar que é fácil colocar um pênis inteiro na boca

O sexo oral é considerado como uma prática bastante prazerosa, ainda mais quando bem feita. Para muitos homens, então, se a pessoa que o fizer for capaz de colocar seu membro inteiro na boca, é algo incrível. Mas fazer isso não é tão fácil quanto parece!

As pessoas possuem uma coisa conhecida como “reflexos”, que são respostas involuntárias ao nosso corpo diante de certos estímulos. Se alguma coisa ficar tocando na nossa garganta, vamos querer vomitar. É por isso que muitas pessoas forçam o vômito colocando os dedos ali. 

Normalmente, um pênis ereto tem tamanho o bastante para tocar no fundo da garganta e ativar esse reflexo. E vomitar no seu parceiro no meio do ato não soa lá muito sexy. Para isso, as pessoas costumam treinar bastante para que isso não aconteça, pois essa técnica exige justamente muito controle dos reflexos naturais. E, na verdade, tem gente que não consegue fazer isso mesmo com anos de treino, então como alguém virgem ou não muito experiente poderia ser capaz disso com tamanha facilidade?

Uma cena de sexo oral pode ser bem quente, prazerosa e sensual sem precisar que o personagem faça peripécias. Só é necessário um bom uso da imaginação, mãos, boca… E tomar muito cuidado com os dentes. Fora isso, é apenas uma questão de ter entusiasmo e uma boa criatividade!


3) Dizer que esperma tem gosto delicioso

Mais um erro super comum em cenas desse tipo. Quem aqui nunca viu um personagem engolindo o “gozo” de outro todo contente como se fosse algum tipo de néctar dos deuses? Infelizmente, não é bem assim.

Não é necessário que ninguém aqui experimente para saber como é o gosto. Simplesmente é fato universal. A grande maioria da população mundial não gosta do sabor de sêmen e acha difícil de engolir não apenas por causa disso como também por sua consistência mais viscosa. Se fosse gostoso, não existiria o dilema de cuspir ou engolir, ou até mesmo de deixar ou não o parceiro ejacular dentro da boca. Pode não ser muito sensual, mas colocar que o personagem engoliu tudo com uma certa dificuldade e não apreciando muito o sabor já deixa você totalmente livre dessa gafe.

No entanto, existem exceções. Algumas pessoas apreciam o gosto de esperma, ou então possuem um certo fetiche com isso. Se o seu personagem se encaixa em algum desses casos, então ele pode engolir como se fosse mesmo algo divino.


4) “E então nós gozamos juntinhos...”

Imagine só: seu casal favorito naquele momento íntimo, mostrando o quanto se amam entre beijos, abraços e carícias cada vez mais ousadas... Em um certo momento, eles com certeza vão ter seus respectivos orgasmos. E não seria lindo e romântico se os dois chegassem lá juntos para mostrar o quanto se amam e se completam?

Realmente, é algo muito bonito tanto de se imaginar quanto de se escrever. Mas, na realidade, isso é quase impossível de acontecer. Para um casal vivenciar um momento assim, os dois lados precisam não apenas se conhecer bastante como também possuírem muito autocontrole. E mesmo que eles cumpram esses “requisitos”, gozar juntos não é algo que acontece o tempo todo, porque por mais que uma pessoa saiba quando está perto de ter um orgasmo, ela nunca vai ser capaz de adivinhar o momento exato. E se até para um casal que já se conhece há anos esse é um feito que exige muito esforço – e que pode até mesmo nunca acontecer –, isso é algo literalmente impossível para virgens e pessoas inexperientes.

É claro, pode acontecer. Mas isso é algo tão escrito em fanfics por aí que acaba sendo melhor fazer com que os participantes da cena tenham orgasmos separados. Ainda assim, se você quer usar esse recurso na sua cena, use, mas saiba que isso é algo raríssimo de acontecer e que fica melhor sendo usado uma única vez do que em todas as cenas de sexo da sua fanfic.

5) Bater no colo do útero dói e atingir a próstata o tempo todo é impossível

Coloquei esses dois juntos porque eles se resumem no mesmo princípio. Muita gente adora fazer o rapaz ficar atingindo o colo do útero da parceira para mostrar como ele é grande e capaz de satisfazê-la ou então fazem com que um dos garotos em um yaoi fique sempre tocando a próstata do parceiro após “encontrá-la” para que ele possa ter prazer durante o sexo anal, e não apenas dor. Essas duas coisas acontecem muitas vezes por causa da falta de informação por parte do escritor, e agora nós vamos ver porque essas duas coisas estão erradas.

Comecemos pelas meninas. A vagina não é um buraco negro sem fim, e por isso ela tem uma certa profundidade. E lá no final, temos o colo do útero, que “separa” a vagina e o útero, como se fosse uma porta. Para chegar lá, um homem precisaria ter um pênis bem grande, pois os de tamanho médio naturalmente não vão até lá. Isso acontece para que o sexo seja confortável.

O colo do útero é um lugar muito sensível. Não como o clitóris, onde se tem prazer quando se toca, mas sim de uma forma realmente mais frágil. É claro, não vai “quebrar” e nem “se abrir” fácil, mas ainda vai sentir o “impacto”. E dependendo de como for o ritmo do parceiro, pode doer bastante. Por isso que homens mais bem dotados precisam ser mais gentis com suas parceiras, para que isso não aconteça e também para não machucá-las. 

Quanto ao prazer, saiba que as maiores concentrações de nervos se encontram nos primeiros centímetros da vagina, no ponto G (que é mais fácil de ser encontrado com um dedo do que com um pênis) e, obviamente, no clitóris. Então seu personagem não precisa ter um membro gigante para deixar o amor da sua vida feliz.

Agora, vamos falar da próstata. Ela existe apenas nos homens, e pode ser estimulada por dentro do ânus. Fazer isso com um pênis propriamente dito é possível, mas não tem como se repetir sempre simplesmente porque no sexo tem muita movimentação por parte dos participantes para que isso aconteça. Além disso, como no caso do ponto G feminino, ela é mais fácil de ser encontrado com um dedo.

E assim como o colo do útero, lá também é um local muito sensível! Por mais que massagear seja prazeroso, também tem seus riscos. Ficar fazendo isso com intensidade pode levar a danos sérios no local, capazes de levar o homem a uma visita séria ao hospital por hemorragia interna, lesões, e outras coisas nada bonitas que você com certeza não quer que seu personagem sofra. Faça-o ter prazer com isso, mas sem exagerar.

6) Pessoas não fazem poças gigantes com seus líquidos

O sexo é algo naturalmente úmido. Tem beijos, suor, saliva, lubrificação... E em alguns casos o negócio é molhado até demais. Em muitas fanfics por aí tem meninas que literalmente encharcam a calcinha quando ficam excitadas, sem falar dos homens que ejaculam verdadeiros litros de esperma, quando na verdade nenhum dos dois sexos é capaz de tamanha produção.

Enquanto que em desenhos e filmes pornôs isso acontece por uma questão de efeito visual e também para atiçar quem está vendo, no mundo da literatura isso não funciona, pois tudo depende da imaginação do seu leitor.

Pedir para quem está lendo imaginar verdadeiros rios de “gozo” só irá fazer quem está lendo rir ou sentir nojo. Sem falar que daria muito trabalho para limpar. Numa fic, é melhor deixar todo mundo produzir essas coisas do mesmo modo que na vida real, que já é o suficiente.

7) Homens não podem ter orgasmos múltiplos a cada cinco segundos

Se um orgasmo já é bom, que tal agraciar aquele personagem que você tanto gosta com dois ou três numa única cena? Dependendo da sua duração, isso pode muito bem acontecer, mas no caso de nosso sortudo ser um homem, preste bastante atenção com o tempo entre cada um.

Ao contrário das mulheres, que podem ter orgasmos múltiplos em questão de poucos minutos, os homens precisam de uma “pausa”, chamada de “período refratório”. Nesse momento, ele perde a ereção e mesmo que continue com o ato sexual, e só vai poder voltar a ter uma depois de um certo período de tempo, que pode variar desde alguns minutos a algumas horas, dependendo da idade do indivíduo – que obviamente, será menor quanto mais jovem ele for.

Tentar evitar que isso aconteça estimulando o pênis logo depois do orgasmo também não é uma boa ideia, já que o local fica sensível aos toques ao ponto de irritar. Logo, é melhor deixar ele em paz e continuar a cena com outras coisas para deixar o personagem “descansar”.

8) Não é normal passar horas numa mesma posição ou ato

E assim como é impossível para um homem ter milhares de orgasmos em menos de dez minutos, também não é saudável para ele, e nem para uma mulher, ficar excitado por muito tempo sem que nada aconteça.

Existem fanfics em que o casal faz sexo por horas antes dos dois chegarem ao orgasmo. Ou então onde alguém recebe um oral por uma hora completa sem pausas. É bom, mas cansa, além de ser algo que com certeza deve irritar. Uma coisa é ter um bom controle para se segurar, mas todas as pessoas têm limites. Em algum momento, não vai ser possível adiar o orgasmo. E com certeza esse momento não vai demorar mais de três horas para chegar, seja com uma masturbação ou em sexo penetrativo.

Se alguém demora tempo demais para ter um orgasmo, ela precisa de ajuda médica, e não continuar vivendo desse modo achando que é normal.

****

Minha nossa, mas que post grande! Acho que compensou bastante a espera, não é? Curiosamente, a maior parte desses erros são relacionados ao sexo masculino, mas deu pra ver que as meninas também não escapam de terem certas atrocidades "ditas" com o seu corpo.

Por isso, seja o personagem do sexo oposto ao seu ou não, é muito importante pesquisar quando se tem dúvidas! Acredite, não custa nada e você só vai sair ganhando.

O próximo post será sobre erros conceituais que vemos nessas cenas sempre tão polêmicas. São, literalmente, coisas que não deveriam estar na cabeça de um autor na hora de escrever sobre esse assunto.

Vejo todos vocês lá!

Material consultado:
Acervo de fanfictions do Nyah!Fanfiction
Entrevista aos membros das Liga dos Betas


Artigos relacionados

9 comentários

  1. Pior que já peguei boa parte dos erros. E quando mais nova cometi alguns.
    De certo modo, a pessoa se prende no que já leu (que estava errado) ou viu algum hentai/porno que tinha algo muito errado. Nos mangás também, sempre tem um yaoi que por um milagre divino, o guri tá lubrificado atrás.
    Não li a primeira postagem, mas uma coisa que eu também via muito era...
    A menina perder um rio de sangue quando perdia a virgindade (a ponto de escorrer pelas pernas) e todo homem ser grande, nos casos do yaoi, o uke sempre ser menor. Não chegava nem ao ponto de serem próximo, sabe?
    Muito boa a postagem, muitas pessoas deviam ler. Mesmo sendo só para maiores de 18, obviamente tem gente de menor lendo e escrevendo, então é bom para elas também.
    Espero mais postagens do tipo.

    ResponderExcluir
  2. Nossa... Sinceramente, a cada palavra lida eu percebi que, na grande maioria de Fanfics que leio acontecem coisas do tipo...! É algo que no momento passou despercebido por conta da "emoção" de ler o ato sexual, mas olhando agora vejo como é crucial saber bem o quê se está escrevendo; eu gostaria de agradecer, pois nem sempre lembramos de "detalhes" como esses...
    Parabéns pelo post interessantíssimo, gostei bastante e estou ansiosa pelo
    próximo!
    Beijos e abraços...!

    ResponderExcluir
  3. Show, acho que ficou bem explicadinho para os novinhos de plantão =)

    ResponderExcluir
  4. Muito bom! Principalmente porque na maior parte das fanfics que o povo opta por uma cena mais sexual tem erros catastróficos (nem vou comentar porque não acho legal) e outra coisa, que preconceito é esse com os caras menos dotados? O sexo não é bom só por causa do tamanho do cara, caras menores podem proporcionar tanto prazer quando os maiores '-'
    Acho que a parte que é mais estranha neles é a falta de senso de alguns autores, basta pesquisar e ver que as vezes estamos fora do real =)

    ResponderExcluir
  5. Respostas
    1. Realmente, não sei, mas assim que souber digo!

      Excluir
  6. Adorei seu post! Sou nova escrevendo esse tipo de coisa, então não tenho experiência ainda... Isso ajudou muito, obrigada! ^-^

    ResponderExcluir
  7. Oi! Acho que algumas pessoas realmente exageram, sempre que eu leio fanfics que tem o homem que consegue ter orgasmos múltiplos a cada 12 seg. sinto vontade de largar meu marido e ir atras desse homem (brincadeirinha amor ^^)

    ResponderExcluir

O blog da Liga é um espaço para ajudar os escritores iniciantes a colocarem suas ideias no papel da melhor maneira possível.