Grammar Nazi 1

Por: Gabriela Petusk    Senhoras e senhores, adultos e crianças, humanos e criaturas, sintam-se em casa na ~fantástica~ nova...


Por: Gabriela Petusk

  

Senhoras e senhores, adultos e crianças, humanos e criaturas, sintam-se em casa na ~fantástica~ nova seção do blog. Para começar, você sabe o que é um Grammar Nazi? Caso não saiba, aqui vou eu.

Grammar Nazi é uma gíria surgida em algum lugar obscuro da internet. Traduzida literalmente para o português, significa “Nazista Gramatical”. Não preciso dizer o que é um nazista, certo? Mas fiquem calmos, não queremos o extermínio de ninguém. Só de coisas horripilantes chamadas erros gramaticais. Ao pensar em um grammar nazi, lembre-se daquele cara chato que você costumava chamar de Pasquale. O enjoado que corrige o português de todo mundo, que vive dizendo, mesmo em SMS, que o certo é “para EU fazer”, que reclama dos escritores de fanfic o tempo todo... Ele pode ser chato, mas quer o seu bem apesar de incomodar de vez em quando.

Entendam que, nesta seção, eu não tenho a intenção de ofender ninguém. Todos os trechos aqui foram tirados de fanfics reais, encontradas por mim no Nyah, e a identidade de nenhum autor foi exposta, nem mesmo o título. Caso a sua fanfic tenha sido usada, você conheça o autor ou até mesmo goste da história, não façam escândalo e não falem mal da minha mãe. Se possível, não se orgulhem. De preferência, levem numa boa. Melhor ainda, corrijam suas histórias ou deem um toque ao autor. O objetivo aqui é ajudar a perceber como a coisa anda realmente feia na ortografia dos autores; por isso, temos como meta ajudá-los a compreender o certo através dos erros que nós mesmos cometemos diariamente.

Para facilitar a leitura, separei os trechos de fanfics em Easy (fácil), Medium (médio) e Hard (difícil), de acordo com a quantidade e a gravidade dos erros. Preparem-se.


Nível de erros ortográficos: Easy (Hmm... Tem alguma coisa errada aqui.)

“Jin o BadBoy de sua cidade oque aconteceria se um dia tudo isso acabasse?”


Não é muito sério, mas, ainda assim, é errado. Vejamos:

BadBoy: Por que não colocar um espaço? São duas palavras separadas, e o termo ainda vem do inglês (ou seja, é um estrangeirismo, que deve ser assinalado através das aspas ou do uso do itálico). Por isso, no computador, usem itálico nas letras, implicando: bad boy.

Oque: Dois erros em um só. Devia ter uma vírgula ou um ponto antes. E de uma vez por todas... “o que” é separado.

Como deveria ser: Jin é o bad boy de sua cidade. O que aconteceria se um dia tudo isso acabasse?


***

·        
“Naruto estava com tédio... no que isso vai dar??? leia para descobrir”



Atenção, pessoas, detectamos falhas.

no: Depois de sinais que marcam o final da frase (ponto final, exclamação, interrogação e reticências), há letra maiúscula sempre.

???: Eu sei que você quer dar ênfase, mas... Assim, não. Usem só uma.

leia: Mesma regra do “no”. Comecem frases com maiúscula. Alguém não captou? Frases-sempre-começam-com-letra-maiúscula.

Como deveria ser: Naruto estava com tédio... No que isso vai dar? Leia para descobrir.


***


“Quatro amigas que terminaram o colegial e vão começar suas vidas mais um show tornam os seus sonhos realidade e suas vidas nunca mais serão as mesmas”


*roxa e respirando com dificuldade* *cof cof cof cof* *respira fundo* A falta de vírgulas nesta frase quase roubou meu fôlego... *cai inconsciente*

mais: “mais” é o oposto de “menos”. Só pra garantir, não existe “menas”, é sempre “menos”. Nessa frase, o certo é “mas”, que significa “porém”.

Tornam: O correto aqui é “torna”. Vamos analisar: Se o sujeito da frase (o show) está no singular (foi só um show), o verbo também vai estar. Isso se chama concordância. Para mais detalhes, as aulas de português da Salieri e da Letícia podem ajudar.

Como deveria ser: Quatro amigas que terminaram o colegial vão começar suas vidas, mas um show torna seus sonhos realidade. Suas vidas nunca mais serão as mesmas.


Aliçe acaba de chegar em uma nova escola mas...ela tem um grave problema no coração e por isso ele prometeu para si mesma que nunca iria se apaxionar mas quando ela conheçe Castiel tudo muda...”


Doutor House, parece que os sintomas se agravaram.


Aliçe: Eu entendo que seja um nome próprio, e nomes não costumam seguir regras ortográficas, mas tenho quase certeza que você quis dizer “Alice”. Não se usa cedilha antes de “E” e “I”. “çe” e “çi” estão errados. Não quero ver ninguém escrevendo “voçê”, hein?

Chegar em: Segundo o português formal, o correto é “chegar a”, não é “chegar em” algum lugar. No dia a dia, conversando, não se preocupem com isso. Na hora de escrever, tomem cuidado.

Mas...: Alguns especialistas andam mudando de ideia, eu prefiro a regra antiga: vírgula antes de “mas”. Essas reticências aí também estão fora de lugar. Tem um “mas” lá na frente, na frase seguinte, então, é bom substituir pra evitar repetir. Repetições em excesso são chatas.

E por isso: Faltam vírgulas ou pontos finais aí.

Ele: ...Não era uma menina?

Apaxionar: Erro de digitação. Perdoável, acontece com todo mundo.

Conheçe: Mesma regra do “Alice”.

Tudo: Falta de vírgulas de novo.

Como deveria ser: Alice acaba de chegar a uma nova escola, porém... Ela tem um grave problema no coração, por isso prometeu a si mesma que nunca iria se apaixonar. Mas, quando conhece Castiel, tudo muda...

***


Nível de erros ortográficos: Medium (Moço, o que houve com seu teclado?)



apos a tração de edward bella resolve se mudar para mystic falls com sua filha para passar um tempo com sua prima e sua tia la isbella agora chamada de Isy reencontra seus amigos de infanci e faz novas amizades podendo encontrar ate mesmo um novo amor sera mesmo que a poderosa isy sucumbira aos encantos de damon salvatore ou sera que acontecera o contrario? e edward sera que ainda tera espaço para ele na nova isabella? e bella sera capaz de perdoar edward ou seguira em frente ?”

Temos um caso sério de Caps Lock falhando.


Apos, edward, bela, mystic falls, la, isbella, sera, isy, damon salvatore, e: TODOS esses casos estão sem maiúsculas na primeira letra. Nomes próprios (nomes de pessoas e lugares, geralmente) têm letra maiúscula (também conhecida como caixa alta) na primeira letra, assim como início de frase. Essa é pra anotar, carregar no estojo e recitar antes de dormir.

Tração: “tração” é uma palavra que existe e quer dizer “força aplicada sobre uma corda” (saudade das aulas de Física). Nesse caso, acho que você quis dizer “traição”... Não vi cordas na sinopse.

Sucumbira: Assim como “tração”, “sucumbira” é uma das conjugações do verbo sucumbir, e significa o mesmo que “tinha sucumbido”. Pelo contexto da frase, o correto é “sucumbirá”, que indica futuro.

Seguira: Mesmo caso do “sucumbira”. É, um acento faz diferença.

Agora chamada de Isy: Este trecho é o que nós chamamos de aposto. Isso significa que ele foi incluído na frase para especificar, fazer uma lista ou explicar alguma coisa, vindo sempre acompanhado por vírgulas. Chequem os exemplos abaixo:

“Eu, a garota sempre correta e comportada, tinha feito uma coisa tão horrível.”

“Tudo estava no lugar finalmente: roupas sujas no cesto, papéis empilhados e embalagens no lixo.

“Nasci aqui nesta cidade, a Juno flutuante nos céus da República.”

Deu pra captar mais ou menos a mensagem? Espero que sim.

Como deveria ser: Após a traição de Edward, Bella resolve se mudar para Mystic Falls com sua filha para passar um tempo com sua prima e sua tia. Lá, Isabella, agora chamada de Isy, reencontra seus amigos de infância e faz novas amizades, podendo encontrar até mesmo um novo amor. Será mesmo que a poderosa Isy sucumbirá aos encantos de Damon Salvatore, ou será que acontecerá o contrário? E Edward, será que ainda terá espaço para ele na nova Isabella? E Bella será capaz de perdoar Edward ou seguirá em frente?


***

“Vamos ver no q da com nossos herois da grand chase na escola tenham uma boa leitura,vamos ter romances(vou tentar)comedias etc
entaum vamos ver esses meninos tarados arranjando encrenca kkk
leiam com muita atençao eim!!(tranformei minha fic pra uma fic interativa,sem vagas)”

Too... Much... Internetês...


Q, entaum, kkk, eim: Não usem internetês na sua história. Não é legal, não é bonito, não vai lhes dar mais leitores. Eles podem até os afastar. É sério.

Herois, atençao: Em um, falta o acento; no outro, o til. Til não é um acento! Surpresa! Mesmo assim, usem-no do jeito certo.

Trechos entre parênteses: Deem espaços antes e depois de parênteses, só não deem espaço depois caso exista um ponto final. (Isso inclui os de interrogação e exclamação. Façam exatamente como eu fiz agora).

Trechos que não ficam bem na sinopse: Desejar uma boa leitura e fazer avisos não são legais pra se colocar em sinopse. Coloque isso nas notas da história ou do capítulo.

Como deveria ser: Vamos ver no que dá: nossos heróis da Grand Chase na escola. Vamos ter romances (vou tentar), comédias, etc. Então, vamos ver esses meninos tarados arranjando encrenca!


****

Haruna Sakura uma menina escandalosa,irritante(para um certo moreno),uma boa pesso amiga para todas as horas,mais se pizar no calo dela ai o negocio fica feio. Ela odeia um certo moreno chamado Sasuke Uchiha metido,pervertido,frio,pegador(como sakura o denomina). Mais simples assim o destino faz uma revira volta na vida deste dois oque sera que irá aconteser ? Sei que a sinopse esta orrivel mais garanto que a historia esta boa.”


Gente... Peguem leve, gente.

Haruna: Oi, esse é o sobrenome da Sakura? Haruno, por favor.

Mais, pizar, aconteser, revira volta: Nesse caso é “mas”, não “mais”. Pisar é com S. Acontecer é com C. E “reviravolta” é uma palavra só.

Sera, historia, esta, orrivel, ai: Parece que não, mas acentos fazem uma diferença enorme. “Sera” não existe, é “será”. “Historia” vem do verbo “historiar”, o substantivo é “história”. “Esta” é um pronome, “está” é um verbo. “orrivel”? Esse erro foi “horrível”! “Ai” é uma interjeição de quando você sente dor. O certo “aí” é “aí”.

Um certo: antes de “certo” ou “certa”, não pode haver “um” ou “uma”. Os dois últimos já indicam incerteza, e “certo” e seus derivados faz o mesmo. É redundante.

Escandalosa,irritante,metido,pervertido,frio,pegador: Até agora, você ganhou meia estrelinha por pelo menos usar vírgulas. Para ganhar uma estrelinha inteira, usem espaços depois delas. Aliás, sem os espaços fica tudo feio, confuso. Não façam isso. É chato de ler.

Dica adicional: Não diga que a sinopse está ruim e que a história está boa. Também não diga na sinopse que você não sabe fazer sinopse. Isso não vai fazer o leitor ignorar a sinopse. Sinopses são feitas para despertar curiosidade em possíveis leitores, não só pra ocupar espaço. Dizendo essas coisas, o máximo que você vai conseguir... É que eles não leiam. E vai passar uma imagem de que você escreveu a fanfic de qualquer jeito.

Como deveria ser: Haruno Sakura, uma menina escandalosa, irritante (para certo moreno), uma boa pessoa, amiga para todas as horas, mas se pisar no calo dela, aí o negócio fica feio! Ela odeia um garoto chamado Sasuke Uchiha. Metido, pervertido, frio e pegador (como Sakura o denomina). Mas, simples assim, o destino faz uma reviravolta na vida destes dois. O que será que irá acontecer?


***


Nível de erros ortográficos: Hard (É DE MAIS DE OITO MIL! *corre para as colinas*)



“Edward Deixou Bella,Na Floresta,Sozinha,Perdida & Deprimida. Bella encontra a Felicidade De Novo Nos braços de Seu Melhor Amigo Jacob,que por coecidencia do Destino Também a Deixa Desolada,sozinha & Sem Caminho Pra Seguir. A partir Da i sua Luta pela Sobrevivencia Começa...
Familiares Morren...
Inimigos Morren.... Ela tem que estar Preparada Pra o Quem Vem a Seguir..
Uma Nova Vida...Uma Nova Etapa Na Vida de Isabella Swan.
Segredos Revelados & um Amor Familiar que foi Separado Por anos. Um Mal Que vive Na Terra E que ela é responsável Por Deter,Mais o Que aconteceria se seu passado a perseguisse Novamente. Por Que Hoje Você Cai, Amanhã Você Derruba.”



Meu sentido aranha detectou outro Caps Lock com defeito. Liguem pra emergência! Os erros aqui são todos repetitivos; então, vou destacar só alguns.


Perdida & Deprimida, Sozinha & sem caminho para seguir, Segredos revelados & um amor familiar: Escritores, não façam isso. Repito o que disse sobre o internetês: não é legal, não é bonito, não vai lhes dar mais leitores. Ainda acrescento: fica parecendo marca de roupa, tipo Abercrombie & Fitch, ou dupla sertaneja aqui destes cantos do país. Alguém se imagina comprando uma calça da Perdida & Deprimida?

Tem que: Na norma culta, ou seja, no português escrito, ao se tratar de obrigações, o correto é escrever o verbo “ter” acompanhado da preposição “de”.

Coecidencia, morren:
Nenhuma dessas palavras existe. O certo é “coincidência” e “morrem”. Aliás, coincidência, se você destrinchar a palavra, é co + incidência, que significa acontecimento. Se “co” quer dizer “conjunto”, tudo resulta em um... Conjunto de acontecimentos. Não quero ver ninguém mais errando “coincidência”, hein?

Como deveria ser: Edward deixou Bella na floresta, sozinha, perdida e deprimida. Bella encontrou a felicidade de novo nos braços de seu melhor amigo, Jacob, que, por coincidência do destino, também a deixa desolada, sozinha e sem caminho para seguir. A partir daí, sua luta pela sobrevivência começa. Familiares morrem. Amigos morrem. Ela tem que estar preparada para o que vem a seguir: uma nova etapa na vida de Isabella Swan. Segredos revelados e um amor familiar que foi separado por anos. Um mal que vive na terra e que ela é responsável por deter, mas o que aconteceria se seu passado a perseguisse novamente? Porque hoje você cai, amanhã você derruba.

Jesus. Agora parece até mais profissional! Viram que mágica uma boa ortografia fez aqui?



***

“Bom...Isso Não É Bem Uma Série,É Apenas Uma...Bom,É Uma Série,Só Que Eu Vou Postar A Minha Interpretação Sobre Várias Músicas De Diferentes Vocaloids!”


O parágrafo nem é tão grande assim. O que me fez colocá-lo no modo Hard foi o fato de ele estar INTEIRO com erros. Vamos direto para a correção.

Detalhe, ele nem mesmo é uma sinopse.

Como deveria ser: Bom... Isso não é bem uma série é apenas uma... Bom, é uma série, só que eu vou postar a minha interpretação sobre várias músicas de diferentes Vocaloids!

Agora, sendo sincera com vocês, autores. Todo mundo sabe o que é uma sinopse? Espero que sim. Se não souber, uma explicação ligeira: é um trecho escrito por você falando um pouco sobre a história, ou um trecho da história postado para despertar curiosidade no leitor e fazê-lo ler para descobrir o que é. Sabendo disso, olhem para o texto acima. Não, ele não é uma sinopse.

****



"Perfeição,Olhando Aquelas Belas Garotas Podiam Até Dizer Que Não Estavam Muito Longe,De Encontrar A Perfeição!
Cinco Garotos Lindos,Estavam Praticamente Boquiabertos Com Tamanha Beleza Das Novatas,E Eles Tinham De Admitir Estavam Atraidos Por Elas!
Sera Que Elas Também Sentiam Tal Atração!?.
(Bom Não Tenho Muita Criatividade,Pra Sinopse...Vocês Devem Ter Notado,E Também é Minha Primeira Fic. )

         

Os erros aqui são igualmente repetitivos, e TODO o parágrafo está marcado. Gente, não façam isso comigo. E não digam na sinopse que você não sabe fazer sinopse. Nem, que é sua primeira fic. Se forem escrever que é sua primeira, segunda, terceira, quinquagésima fic, coloquem-no nas notas, é melhor. De preferência, não o escrevam.

Como deveria ser: Perfeição. Olhando de longe, aquelas belas garotas podiam até dizer que não estavam muito longe de encontrar a perfeição! Cinco garotos lindos estavam praticamente boquiabertos com tamanha beleza das novatas, e eles tinham de admitir: estavam atraídos por elas! Será que elas também sentiam tal atração?


Como podem ver, terminou essa estafante sessão de tortura correções para o bem do português. Eu costumo dizer que o segredo para uma boa história não é só ortografia e gramática perfeitas, mas também um bom roteiro, criatividade, paciência e trabalho duro. Isso não significa que ficará legal caso vocês escrevam tudo errado. Imaginem suas histórias como uma comida. O sabor da comida é a parte criativa da história: personagens, acontecimentos, sensações, mensagens que você quer passar... A textura da comida é a gramática. Não adianta, por exemplo, ter um bolo delicioso, mas que gruda no céu da boca e te irrita o dia inteiro, ou uma gelatina muito boa com água demais.

Se você tem muita dificuldade com o português e ama escrever, leia as Aulas de Português oferecidas pelo Nyah (Salieri e Letícia dão um show ensinando), peça ajuda a um amigo, peça que um leitor beta corrija sua história (lembrando que ele vai opinar na história também), use um corretor on-line, leia livros (que foram corrigidos e recorrigidos até falar “chega”). Existem muitas maneiras de aprender! Basta escolher a que mais te agrada.


*****
Gabriela Petusk é quase escritora, quase criativa, quase complicada. Aspira ao cargo de editora ou copydesker em algum lugar do país ou do mundo e garantiu uma vaga no curso de Jornalismo da UFU.

Artigos relacionados

3 comentários

  1. Caaaaaaaara, eu odeio estórias com todas as letras começando maiúsculas, me incomoda muito isso. Esses erros são bem frequentes no Nyah, mesmo assim alguns do "medium" me assustaram bastante.
    Enfim, parabéns pelo artigo, acredito que pode ajudar muita gente, desde que a pessoa esteja disposta a ser ajudada.

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito disto :)

    Deve ser difícil encontrar exemplos para estes artigos. Aposto que encontras imensas histórias com erros, mas precisas de escolher exemplos que funcionem para aquilo que queres (se for uma sinopse com um erro HORRÍVEL mas, de resto, bem escrita, deves ficar a ponderar "uso este ou não uso??"; para além disso, deves sofrer muito na leitura de tudo isto XD. Sim, estou a rir, mas tenho compaixão pela tua situação!) ... (E acredito que até te divirtas e que sintas mesmo que estás a fazer alguma coisa boa. Porque estás; basta olhar para os comentários e reparar nas pessoas que te agradecem! Gosto muito desta "série" dos erros; tenho rido bastante).

    Tenho apenas uma coisa a dizer :). Escreveste:
    "Um certo: antes de “certo” ou “certa”, não pode haver “um” ou “uma”. Os dois últimos já indicam incerteza, e “certo” e seus derivados faz o mesmo. É redundante."

    Em Portugal "certo ..." e "um certo..." têm aplicações diferentes XD. Se estiveres a começar uma história, podes dizer "certo dia...", mas se estiveres a falar de alguém, diz-se "um certo rapaz". EX: "Certo dia, um certo rapaz foi ao mercado."
    Porque a pessoa é "uma", mas o "um certo" funciona como "aquele" - é específico. Sem o "um" fica vago; "certo rapaz" pode ser qualquer rapaz. "Um certo rapaz" é um/ aquele rapaz que eu escolhi para ser o protagonista do meu conto.

    XD quer dizer, isso é meio vago. Não há regras para isso, sequer. Mas é a "mensagem que isso passa". "Certo" e "um certo" são mesmo coisas diferentes por cá...

    ResponderExcluir

O blog da Liga é um espaço para ajudar os escritores iniciantes a colocarem suas ideias no papel da melhor maneira possível.